Dedicatórias: Mau Começo [Lemony Snicket]

Algumas pessoas gostam de citações, outras gostam de agradecimentos, e existem ainda aquelas que gostam de capas. Eu? Eu amo dedicatórias. Essa minha estranha fixação começou quando me entreguei às maravilhas de “Desventuras em Série“, onde as dedicatórias são bem mais que simples dedicatórias. Com o pseudônimo de Lemony Snicket, Daniel Handler transformou o autor do livro em um de seus “personagens” – apesar de nunca interagir diretamente com os órfãos Baudelaire. Sendo o autor também parte da história, as dedicatórias seguem a mesma linha e compõe mensagens de Lemony para sua amada. Algumas divertidas, outras sombriamente mórbidas, as dedicatórias presentes na série me cativaram e me levaram a modificar um hábito. Eu tinha o costume de, sempre que começava uma nova leitura, postar uma foto do livro no Instagram (que servia para compartilhar a leitura e ajudar minha memória, já que assim mantinha um registro da data em que li). Depois de começar DeS, resolvi colocar as dedicatórias dos livros na descrição da imagem, e descobri que muitos dos meus amigos adoraram. Mais de uma pessoa já veio comentar comigo que adora ler as dedicatórias dos autores (ainda acho que as de DeS são as melhores do mundo ♥), e que acompanham os meus updates para vê-las. Tendo isso em mente, pensei comigo mesma: “por que não compartilhá-las no blog também?”. Sendo assim, começo hoje uma nova coluna aqui no blog, dedicada apenas às dedicatórias (risos). Não será necessariamente do livro que estou lendo no momento, mas dos livros que já tenho na minha estante. E, já que a série foi a responsável por começar essa brincadeira, a primeira dedicatória será a de “Mau Começo“, de Lemony Snicket.

20140916_233549

“Para Beatrice – querida, adorada, morta”

Anúncios

10 comentários sobre “Dedicatórias: Mau Começo [Lemony Snicket]

    • Liah Nogueira disse:

      Oi Isabella, boa tarde!
      Sim, as dedicatórias de Desventuras em Série têm uma pitada de humor, uma dose de tristeza e uma lasca de morbidez. Mas se misturam de um jeito que é impossível amar. E sim, a dedicatória de Harry Potter e as Relíquias da Morte é absolutamente perfeita, me derreto de amores por ela ♥
      Abraços e volte sempre!

      Curtir

    • Liah Nogueira disse:

      Aaah, que bom que gostou, Amanda! *—-*
      Sim, algumas dedicatórias dessa série são bem mórbidas. Uma das minhas preferidas é a do quarto livro, onde ele mistura essa morbidez com uma boa dose de humor. Algumas são mais engraçadas, outras, mortalmente tristes. Mas são todas lindas, não tem nenhuma que eu não goste ♥
      Beijos e ótima semana!

      Curtido por 1 pessoa

    • Liah Nogueira disse:

      Oi, Priih! Tudo ótimo, e contigo?
      Aah, dedicatórias não são lindas? *—-* Fico triste quando não tem dedicatória no livro, sinto como se faltasse um pedaço, hehe. E verdade! Essa dedicatória da J.K. Rowling é perfeita, quase morri de amores quando li, senti como se ela realmente estivesse falando comigo :’)
      Ah, que bom que gostou, fico feliz em saber! Espero que goste dos próximos posts também, hehe.
      Beijos e ótima semana :3

      Curtir

    • Liah Nogueira disse:

      Oi Sofia, boa noite! 😀
      Sim, as dedicatórias são incríveis, já me deixavam curiosa antes mesmo de começar a história, hehe. E essa é uma das que mais gosto, não sei explicar.
      Opa, que bom, fico feliz que tenha gostado *-* Vou completar com todos os livros de DeS, aí partirei para os outros, hehe.
      Beijos e ótima sexta :3

      Curtir

  1. monalisamarques disse:

    Liah, eu NUNCA li nenhum livro inteiro do Desventuras em Série. O mais próximo que cheguei foi de uma prova grátis, o primeiro capítulo do primeiro livro. Minha nossa, como eu amei o livro! Pedi de Natal, mas meus pais acabaram me dando outra coisa de presente, o tempo foi passando e eu acabei não lendo. Muito, mas muito, muito mesmo, obrigada por me lembrar! ❤

    Um beijinho,
    Mona
    http://www.literasutra.com

    Curtido por 1 pessoa

    • Liah Nogueira disse:

      Oi Mona, bom dia!
      Quando eu estava na terceira ou quarta série, peguei os primeiros livros na biblioteca da escola. Me apaixonei perdidamente e, desde então, era meu maior sonho de consumo. Nunca tinha o dinheiro, por isso nunca conseguia comprar, mas esse ano eu finalmente consegui. Devorei os livros e fiquei boquiaberta com o fim – de certa forma, acho que combinou com toda a história. Que bom que te ajudei a lembrar da história, espero que possa ler em breve 😀
      Beijos e ótima semana!

      Curtir

Confessionário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s