[Review] A Série Divergente: Insurgente

Olá, pessoas da Terra!

Apesar de nunca ter mencionado aqui no blog (pelo menos acho que não), eu sou uma mega fã da trilogia Divergente. Mesmo com o fim de Convergente, que não foi bem o que eu esperava, simplesmente não consigo não amar essa trilogia, fui conquistada por toda a história, personagens e escrita. Sendo assim, eu não poderia deixar de assistir aos filmes, mesmo sabendo que muito provavelmente iria me decepcionar com cada um deles. Não tive tempo para escrever a review de Divergente quando o filme saiu no cinema, mas aproveito agora para deixar minhas impressões de Insurgente.

insurgent_movie_poster_3

Sinopse: Tris (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James) agora são fugitivos e procurados por Jeanine Matthews (Kate Winslet), líder da Erudição. Em busca de respostas e assombrados por prévias escolhas, o casal enfrentará inimagináveis desafios enquanto tentam descobrir a verdade sobre o mundo em que vivem.

O filme retoma a história logo do fim de Divergente, quando Tris, Quatro, Caleb, Marcus e Peter buscam abrigo na sede da Amizade, depois de fugir do ataque à Abnegação. Apesar de não estarem tão satisfeitos com a situação, Tris e Quatro decidem continuar por lá até se reorganizarem e descobrirem onde estão os demais membros da Audácia, para então irem à procura deles. Mas tudo isso muda quando soldados da Audácia, aliados à Jeanine Matthews, chegam nas terras da Amizade em busca de Divergentes, e Tris, Tobias (Quatro) e Caleb precisam fugir para não serem capturados. A busca de Jeanine por Divergentes continua, pois, após encontrar uma caixa misteriosa em uma das casas da Abnegação, supostamente pertencente aos fundadores da cidade, ela sabe que apenas um Divergente poderá abri-la e revelar a sua mensagem.

Insurgent-movie-review

Já há algum tempo eu aprendi uma valiosa lição: não devo esperar que as adaptações cinematográficas sejam 100% fiéis aos livros, isso é impossível, e é mais fácil encarar os dois como coisas completamente diferentes e não relacionadas, assim não acabo me decepcionando. Tendo isso em mente, fui ao cinema preparada para deixar minhas impressões do livro de lado e tentar aproveitar o filme. Não digo que fui completamente eficaz nessa tarefa, pois durante a maior parte do filme eu ficava pensando “tá errado, tá tudo errado“, mas tentei focar o filme e avaliar como ele, por conta própria, se saiu. Apesar de não achar que foi um filme ótimo, perfeito, incrível, merecedor do Oscar, do troféu Joinha e de todas as estatuetas possíveis e imagináveis, arrisco dizer que foi um bom filme, que dá para se divertir assistindo.

Insurgent-2015-Movie-desktop-wallpaper

Com o desenrolar da história e dos acontecimentos, Insurgente já conta com uma trama mais elaborada e envolvente que seu antecessor, e o ritmo do filme já é mais frenético e agitado. O cenário de “guerra civil” que foi se armando em Divergente atingiu novas proporções com a lei marcial instaurada pelo Conselho, a pedido da Jeanine, e a “descoberta” do exército dos sem-facção, e o expectador só consegue antecipar o momento em que a bomba vai explodir – pelo menos foi assim que meu amigo, que ainda não leu o livro, ficou ao meu lado. Também é visível que o investimento financeiro nessa sequência foi bem maior, como podemos perceber pelo nível de elementos como efeitos especiais, figurino e locações, que já estão bem melhores que no filme anterior.

2-26
Levando em consideração os acontecimentos descritos no livro, achei que o desenvolvimento dos personagens nesse filme deixou a desejar, e muito. No livro, vemos Tris lutando seriamente contra seus demônios internos, estando completamente traumatizada após os acontecimentos em Divergente, e vemos como tudo isso vai destruindo-a pouco a pouco, levando a tomar decisões com consequências perigosas para ela e aqueles que ama. No filme, apesar de tentarem retratar tudo isso, acho que ficou muito superficial e comedido, não chegando nem perto do estado em que a personagem deveria estar. Também não houve nenhum desenvolvimento do Tobias, foi muito pouco explorado o seu relacionamento com seu pai e sua mãe, e como isso o fez tomar decisões e mesmo se afastar de Tris em alguns momentos. Diversos outros personagens secundários também tiveram suas ações, motivações e dramas pessoais negligenciados, deixando a história superficial e unilateral. Nesse aspecto, acho que o filme ficou bem longe do que seria aceitável, o que é uma pena.

I_D024_10238_R

Mas, mesmo com a minha promessa de não julgar só de acordo com o livro, não posso deixar a obra em que o filme se baseou completamente de lado. Apesar de ser um bom filme, Insurgente deixa a desejar em alguns aspectos de fidelidade do livro. Não vou ser do tipo de pessoa que reclama da cor do olho do personagem, ou do corte de cabelo, pois acho que isso é o de menos na história, mas fiquei incomodada com alguns elementos do livro que ficaram faltando no filme, ou algumas coisas que foram criadas para o filme que não faziam sentido algum de acordo com o cenário proposto no livro. Um exemplo é o aparelho criado pela Erudição, que faz uma leitura da pessoa (?) e consegue determinar a qual facção ela pertence, ou se ela é Divergente. Em um cenário pós-apocalíptico, onde os recursos devem ser poupados e priorizados para a reconstrução da cidade, que ainda está em andamento, como é que eles teriam recursos ou meios para a criação em massa de um aparelho como esses? Assim como toda a história da caixa, que contém uma mensagem dos fundadores e só pode ser aberta por um Divergente muito, muito especial. A resposta para esse problema, também, não fez sentido algum, levando em consideração a própria história criada para o filme anterior – é entrar em contradição com o que eles próprios disseram… E uma mudança em específico, bem no fim do filme, me deixou bem confusa sobre como conduzirão o filme seguinte, o que não achei uma boa ideia. Acho que ficou muito aberto, não mostraram um elemento muito importante na caracterização do cenário social para a última parte da história, e não sei como os roteiristas farão para corrigir isso no próximo filme – é esperar para ver.

B9GyG0sCEAAhuhN

Uriah, finalmente *——*

No fim das contas, posso concluir que achei que Insurgente foi um bom filme, apesar de não ser uma adaptação tão boa. Para quem ainda não leu os livros e não tem uma expectativa alta, é mais do que possível se envolver e adorar a história, e talvez, até, se interessar o bastante para ir atrás dos livros – o que, de um jeito ou de outro, acaba sendo um ótimo resultado. Para quem leu e adorou os livros, é mais uma oportunidade para ir ao cinema e ficar reclamando a todo instante que está tudo errado, e acusar os roteiristas de não terem lido o livro e terem destruído a história… Mas, ainda assim, é parada obrigatória para todo fã, que sabe como, apesar de reclamarmos, amamos ir ao cinema para ver a adaptação dos nossos filmes preferidos ❤

Título Original: Divergent Series: Insurgent
Direção: Robert Schwentke
Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Miles Teller, Ansel Elgort, Kate Winslet, Jai Courtney, Zoë Kravitz, Octavia Spencer
Duração: 119 minutos
Ano de lançamento: 2015

[Review] Bobblehead Spider-man – Funko POP!

No começo deste ano eu havia determinado que daria presente de aniversário para todos os meus amigos. Minha ideia inicial era dar apenas livros, mas eu sabia que essa tática não funcionaria para um dos meus amigos, pois ele realmente não gosta de ler (uma pena). Enquanto visitava a Manu, no RS, vi que ela tinha um bobblehead da Funko POP! do Gene Simons, do Kiss. Achei a ideia simplesmente fantástica e, quando chegou a vez de comprar o presente desse meu amigo, saí caçando alguma loja online que tivesse os produtos da Funko POP!, em especial da linha Marvel, já que ele adora.

funko-marvel-pop

Nas minhas andanças virtuais, encontrei as lojas Golden Toys e Fantoy. Como a primeira oferecia um melhor valor, já contando com o frete, acabei optando por ela. O boneco estava por R$ 59,99, o melhor preço que encontrei fuçando pela internet, e o frete, com envio pelo PAC, ficou R$ 17,60. Como optei por pagar através de depósito, ao invés de parcelar no cartão (através do PagSeguro), ganhei um desconto de 5% sobre o valor do produto, totalizando R$ 74,59.

Como optei por pagamento em depósito, ao receber o e-mail de confirmação do pedido já foram informados os dados da conta no Bradesco, já que foi a opção que escolhi (havia opção de outros dois bancos, só não lembro quais). Realizei a transferência, enviei o comprovante por e-mail, junto com a confirmação do endereço para envio e, enquanto esperava a confirmação do pagamento, bateu o medo. Sempre faço compras online, mas em lojas como Submarino, Americanas, Extra, ou em lojas que conheço alguém que já comprou e sei que posso confiar. Comprando em uma loja desconhecida, através de depósito, me bateu aquele receio de ter entrado em uma furada. Se eu tivesse comprado pelo PagSeguro, ainda haveria a opção de solicitar o cancelamento da cobrança no cartão, caso desse algo errado. Tendo feito a transferência, só me restava confiar.

A confirmação do pagamento só veio no fim do dia, quando eu já estava quase roendo as unhas de nervoso. Com o e-mail, veio o alívio, assim como a espera pela entrega. A confirmação de postagem nos Correios (assim como o código de postagem, para que pudesse acompanhar o status da entrega pelo site dos Correios) só veio quatro dias depois da compra, em 10/11, e a essa altura eu já não conseguiria mais entregar o presente para ele na data certa, 12/11, pois sabia que não chegaria em tempo. Mas sabia que também havia deixado para comprar um pouco em cima da hora, então não fiquei tão estressada com isso.

Assim que cheguei em casa no dia 13, me deparei com o pacote já me esperando. O pacote veio apenas com a caixa do produto dentro, mas como já há uma proteção de plástico, segurando o boneco, não havia necessidade de nenhum outro material para prevenir que a caixa não ficaria balançando durante a entrega.

O produto veio de acordo com as especificações, mas fiquei um pouco decepcionada com a pintura. Não sei se foi um problema pontual, se dei azar ou o que, mas achei que a pintura ficou bem borrada, principalmente na região dos olhos. Já havia visto diversas fotos com os produtos da Funko e eles sempre me pareceram ter um ótimo acabamento, por isso fiquei um pouco decepcionada quando vi o Spider-man com um acabamento não tão bom assim.

Não sabia se valia a pena reclamar ou não, se era algo pontual ou do produto em si, então acabei deixando do jeito que estava. Já estava atrasada para entregar o presente e não queria demorar mais ainda. Entreguei o presente para meu amigo poucos dias depois e ele amou, de paixão, nem ligando para os pequenos deslizes da pintura. Realmente é um produto muito legal, acho que apenas dei azar com este em específico. Apesar de não saber se o problema foi a produção ou a revenda, acho que vou optar por comprar de uma outra loja na próxima vez, para poder comparar os resultados. Porque, é claro, agora eu também quero minha coleção de Funko POP! *-*

[Review] Colar Parabatai – Hey LadyBug

Olá, olá, galera bonita!

Bom, as férias acabaram e estou de volta à rotina de sempre. Acabaram-se os dias de dormir até meio-dia, mas voltaram os dias de me dedicar ao blog. Sei que hoje seria dia de post sobre o Desafio Who, mas não assisti a nenhum episódio nas minhas férias, então aproveito para fazer uma coisa um pouco diferente aqui.

Nessas minhas férias, fui visitar uma amiga que mora em outro estado. Ela também é fã de Os Instrumentos Mortais e, alguns meses atrás, começamos a conversar sobre toda a questão de Parabatai. Sendo assim, como ia visitá-la, cismei que queria comprar de presente para ela um colar Parabatai, e saí caçando um por toda a internet. Achei um lindo colar duplo (daqueles que fica um com você, outro com a pessoa), mas apenas em sites estrangeiros, mas nunca teria tempo hábil de chegar na minha casa antes de ir viajar, o que me desanimou. Estava quase desistindo quando lembrei do site Hey LadyBug, que já tinha visitado inúmeras vezes antes, mas nunca tinha comprado nada. Qual não foi minha surpresa quando, ao abrir o site, o primeiro produto que vejo é LOGO o colar que eu tanto queria? Precisei me controlar para não sair correndo e gritando pela casa, e fui e comprei o colar antes que perdesse a oportunidade.

Para poder comprar é preciso fazer um rápido cadastro, assim como em qualquer outro site de compras, e, depois de inserir seu CEP, ele apresenta o valor do frete dependendo da forma de envio desejada. O frete para São Paulo ficou R$ 10,54 por E-SEDEX (com média de entrega de 4 dias úteis por parte dos Correios) e R$ 17,10 por PAC (com média de 7 dias úteis), e acabei optando pela primeira opção, por ser mais barata e entregar mais rápido. O pagamento foi disponibilizado através do PagSeguro, onde eu já tinha conta, e acabei escolhendo pagamento por boleto bancário, e o pagamento já foi aprovado no mesmo dia (10/09). Recebi um e-mail do site no mesmo dia, confirmando a aprovação do pagamento e informando que o colar seria postado nos Correios em até três dias úteis, e que então o prazo de entrega dependeria dos Correios (também recebi um e-mail assim que realizei o pedido, com a confirmação). No dia 15/10 cheguei em casa e me deparei com a mais mimosa das caixinhas me esperando, e aí sim me permiti sair correndo e pulando pela casa, de tão empolgada que fiquei.

1

Tinha um pequeno embrulho de papel de seda dentro da caixinha, evitando que o colar ficasse sambando pela caixinha durante o transporte dos Correios.

2

tVM0p_8ldmDsHjq_nr1gOE6X8K4Z1oI711f5wg4R3lk

-U3ow6Dogd_JLshGJXAQKDiekfqvJpSc_P5unPr9SKw

z1UyN_FM-s0GnfQVfk3eQ0dMqAFjCb1rjh8SHxE38pw

O meu pedido veio nesse embrulho extremamente fofo e mimoso (levei desse mesmo jeito para a Manu, nem ousei desfazer uma coisa tão caprichosa), junto com instruções de como cuidar da bijuteria para que ela dure mais. Tudo extremamente caprichoso e, bom, fofo, o que me deixou sorrindo por uma boa meia hora.

ZCfBjaSyQKbXdre2pRXLlp0TUz8kiluURY2XQxGLadk

E ainda mandaram junto balas de yogurte! Eu AMO balas de yogurte! Pode parecer bobeira, mas achei um mimo, uma coisa que deixou o pacote ainda mais especial. É incrível ver quanto cuidado colocaram não só no colar, mas no pacote em que ele veio, mostra que realmente há dedicação no que fazem.

10653526_699393673480616_3169675887574924945_n

Aproveitei para escrever o juramento Parabatai e um trecho do Códex (sim, eu sei, peguei uma tradução que não era oficial, só depois abri meu Códex e vi que era um pouco diferente, é a vida :/) no verso de uma das páginas do meu exemplar de Destrua este Diário e coloquei junto. A única coisa que não gostei muito é que a corrente é essa de bolinha, que não acho tão bonita e oxida muito fácil, mas a Manu já trocou a corrente dela por uma outra prateada que tinha em casa, e eu vou fazer o mesmo. O que importa é o pendente, que é lindo, e perfeito, e amor, e forma a Runa Parabatai ❤

Bom, é isso. Amei toda a compra, a entrega foi super rápida, tudo muito seguro e prático, e o colar é muito perfeitinho. Definitivamente vou comprar outras coisinhas por lá, assim como recomendar para qualquer um que tiver interesse 😀

XOXO,

Me.