Novos na Família #7

Olá, pessoas da Terra!

Estou aqui me perguntando se algum dia conseguirei fazer esse post no dia certo, mas acho que não. Estou fadada a enrolar no último dia do mês e só postar o “Novos na Família” alguns dias depois, é a vida. Como ainda tenho os livros da Bienal e do aniversário do Submarino por ler, e fiz um acordo que evitarei novas compras até ler pelo menos metade deles, o post de hoje está bem curtinho. Vamos lá!

Sinto um ódio mortal pela câmera do meu celular, que deixa tudo tremido e estranho, mas é o que temos para hoje xP

Continuar lendo

O dia em que ganhei um livro em um sorteio – e que livro!

Comento com todos que conheço o quanto sou azarada para sorteios. Sério, de verdade. Acho que o máximo que já ganhei foi um pirulito de uva em um bingo que um professor de inglês organizou, e isso em um longínquo 2006, mas felizmente isso não me impede de continuar participando de sorteios, já que a esperança é a última que morre. Então qual não foi minha alegria ao ganhar um sorteio relâmpago do livro “Condicional“, do autor Paulo Sérgio Moraes! Fiquei com vontade de sair pulando pelo escritório – aqueles que me acompanham há algum tempo já sabem dessa minha tendência a querer sair pulando quando me deparo com uma boa notícia, hehe -, e só não fiz isso porque, bom, não dá para sair pulando no meio do trabalho. Mas calma, Liah, vamos começar do começo.

Participo de alguns grupos para blogueiros no Facebook e ontem me deparei com um post do autor, anunciando o sorteio de dois exemplares do seu livro, sem compromisso de postar resenha depois. Como não custava nada tentar, me inscrevi no sorteio, imaginando que não ganharia – como sempre. Mas Murphy resolveu me dar uma folguinha e fui uma das sorteadas para ganhar o livro, junto com a Aliscia Wendt, do blog Resenhando a Arte. Fiquei tão, mas tão feliz, que vim extravasar aqui no blog (YAAAAY!). E agora aproveito e apresento a vocês um pouquinho mais do livro.

10477877_1491921004373420_3021646473633588138_n(Créditos Imagem: Fan Page oficial)

Sinopse: São Paulo, 1997. Lucas comemorava com os amigos o término do curso de administração. Jota, em mais uma noite como outra qualquer, deixava a periferia tentando levantar algum dinheiro fácil. Um era refém de sua própria autoestima e gabava-se de ser capaz de não se levar pelos sentimentos, e o outro não sabia exatamente quem era. Ambos viram a noite terminar fora do planejado. Condicional retrata uma turbulenta relação que surgiu à sombra de desejo, descobertas, medo e crime. Momento em que o amor deixou de ser um sentimento e virou uma condenação. Uma história imprevisível que promete emocionar e surpreender o leitor.

A premissa me deixou curiosíssima e estou prevendo que será um daqueles livros que não vou ler, mas devorar. E, assim que terminar, volto aqui com a resenha para vocês, para compartilhar o amor (assim espero xD). Ah, e detalhe! Já combinei com o Paulo de incluir uma entrevista com ele no post da resenha, então vem coisa boa por aí *-*

E para conhecer um pouquinho melhor o autor, antes da entrevista com a resenha, cito a página dele no Skoob:

104931389627818G

Autor do romance Condicional. Nasceu em Juiz de Fora – MG, onde cursou Cinema e TV e fez parte dos grupos teatrais D’Amantes e CriArte. Mora em São Paulo e está fazendo especialização em Administração de Negócios pela Faculdade Presbiteriana Mackenzie.
Embora atuando, hoje, no ramo de Gestão de Pessoas, já foi autor de peças teatrais e curtas­metragens.

Acompanhe o autor e a obra nas redes sociais:

Página do livro no Skoob
Fan page no Facebook
Site do autor