Meu mundo agora #1

Hoje meu mundo é uma clareira envolta por 4 muros gigantes de pedra cobertos de hera que se estendem de forma assombrosa em direção ao céu. É um local iluminado, sempre ensolarado e que definitivamente seria um perfeito lugar para viver se eu não estivesse presa nele. No meio de cada muro gigante de pedra há uma porta e atrás dessa porta existe um labirinto de tamanho inimaginável, um grupo dos meninos que vivem comigo corre por esse labirinto o dia todo há dois anos tentando decifrá-lo para levar-nos para casa, “dois anos é tempo suficiente para decifrar um labirinto, não?”, vocês se perguntam e naturalmente a resposta seria sim, mas por aqui é diferente: Nosso querido amigo labirinto troca de lugar todas as noites, mexendo-se e nos levando a loucura e muitas vezes a desesperança de achar que nunca sairemos daqui. Tirando isso a clareira é realmente um lugar legal, temos tudo que precisamos: Uma horta, um sangradouro (onde mata-se os animais que nos servirão de comida), um campo santo (nosso cemitério, difícil imaginar tantos jovens mortos não?), a Sede que é onde todos nós fazemos nossas refeições e tudo mais que é necessário para que se possa chamar esse local de casa. Em geral, os dias na clareira são felizes e desenvoltos na medida do possível, porém tudo está para mudar.

Em que livro estou vivendo? Maze Runner – Correr ou Morrer.

– Manu Herzer