Top X #1: 10 Livros mais Desejados no Skoob

Olá, pessoas da Terra!

Sei que hoje seria dia de Desafio Who, mas continuo sem conseguir assistir aos episódios da série. Por isso, trago hoje o primeiro post de uma nova coluna no blog, a “Top X”. A ideia é postar as famosas listas de “Top Alguma Coisa”, mas sem restringir o número de respostas a um padrão único. Não quis delimitar “Top 5” ou “Top 10”, porque pode ser que nem sempre consiga o mesmo número de respostas para diferentes assuntos. Então, para começar, apresento os dez livros mais desejados da rede social Skoob, segundo a própria plataforma.

desejados

Ok, antes de mais nada, cabe aqui uma pequena explicação. O Skoob é uma rede social para leitores que permite, entre outras inúmeras funções, que as pessoas marquem quais são os livros que elas desejam. A lista abaixo apresenta os dez livros mais marcados como “desejados” no site.

10. Divergente (Veronica Roth)

Divergente-Nacional

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

9. O Diário de Anne Frank (Anne Frank. Editado por Otto Frank e Mirjam Pressler)

diario de anne frank

Este livro é uma edição que traz na íntegra o diário de Anne Frank, com todos os trechos que seu pai cortou para a publicação de 1947, já tão conhecida e lida. É comovente descobrir que mesmo no contexto tenebroso do nazismo e guerra, ela viveu problemas e conflitos de uma adolescente de qualquer lugar e tempo. Anne Frank registrou admiravelmente a catástofre que foi a Segunda Guerra Mundial. Seu diário está entre os documentos mais duradouros produzidos neste século, mas é também uma narrativa tenra e incomparável, que revela a força indestrutível do espírito humano.

8. A Esperança (Suzanne Collins)

capaoficialaesperança-677x1024

Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra?

7. Em Chamas (Suzanne Collins)

em-chamas

Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Os jogos completam 75 anos, momento de se realizar o terceiro Massacre Quaternário, uma edição da luta na arena com regras ainda mais duras que acontece a cada 25 anos. Katniss e Peeta, então, se veem diante de situação totalmente inesperada e, dessa vez, além de lutar por suas próprias vidas, terão que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem.

6. Quem é Você, Alasca? (John Green)

970283_503112176424637_1315046538_n

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o “Grande Talvez”. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao “Grande Talvez”.

5. As Vantagens de Ser Invisível (Stephen Chbosky)

As-Vantagens-de-Ser-Invisível

Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe – a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela. As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir infinito ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.

4. A Culpa é das Estrelas (John Green)

A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer – a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

3. O Menino do Pijama Listrado (John Boyne)

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

2. Jogos Vorazes (Suzanne Collins)

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?

1. A Menina que Roubava Livros (Markus Zusak)

A_MENINA_QUE_ROUBAVA_LIVROS_1399859946P

A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler.

*****

E vocês, o que acharam da lista? Já leram algum desses livros, ou mesmo desejam algum deles? Deixem suas opiniões nos comentários 😀

XOXO, me.

Anúncios

12 comentários sobre “Top X #1: 10 Livros mais Desejados no Skoob

  1. Bruna Feola Monteiro disse:

    Quero dois dessa lista: Anne Frank e A menina que roubava livros. O mais curioso é que esses dois livros foram lançados há um tempão, mas sempre os acho caro demais, acabo comprando outros (porque eles já se tornaram clássicos literários modernos) ou não encontro nas livrarias. Ainda não desisti deles, um dia os terei!!!

    Sempre fico curiosa sobre As vantagens de ser invisível, porém ainda preciso me decidir. Parece triste e nem sempre estou no clima para ler histórias desse tipo.

    Ah, e tenho cinco dos livros dessa lista: a trilogia de Jogos vorazes e os dois do John Green — super recomendo-os!!!

    Beijos!

    https://alamedaliteraria.wordpress.com/

    Curtir

    • Liah Nogueira disse:

      Olá, Bruna, boa tarde!
      Quero muito ler O Diário de Anne Frank, comecei quando era bem mais nova, mas acabei perdendo o livro dentro de casa (pois é) e, depois de encontrar alguns meses depois, não me animei para ler. Minha irmã gosta da história e tem duas edições, mas acho que não estou no clima certo para ler, sabe? E, apesar de também ter A Menina que Roubava Livros em casa, não tenho muita vontade de ler :/
      Eu gostei de AVDSI, mas não achei tuuuuuudo aquilo que estava falando. É um bom livro, mas não é o melhor livro de todos os tempos.
      E sou apaixonada por Jogos Vorazes, mal posso esperar pelo lançamento do filme *—-* Do John Green eu já li três, “A Culpa é das Estrelas”, “O Teorema Katherine” e “Cidades de Papel”, e este último é meu preferido até então. Tenho “Quem é Você, Alasca?” em casa, mas como já sei do MASTER spoiler, desanimei um pouco 😦
      Beijos e ótima semana, te vejo na próxima!

      Curtir

  2. fabiana karla disse:

    Ja li a menina que roubava livros, me apaixonei pelos de green e desejo muito colprar e ler as vantagens de ser invisível e o diario de anne frank….faltou ai os livros da trilogia a seleção rsrsrs

    Curtir

  3. Gabi Oliveira disse:

    Eu desejo muito A Menina Que Roubava Livros, O Menino do Pijama Listrado, As Vantagens de Ser Invisível, O Diário de Anne Frank e Divergente, todos esses parecem ser livros ótimos. Li ACEDE no ano passado, me apaixonei pela história e se tornou um dos meus livros favoritos. Quem é você, Alasca? foi a minha última leitura, mas ainda não sei definir direito os meus sentimentos por essa história.. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    Curtir

    • Liah Nogueira disse:

      Oi, Gabi, boa tarde!
      Não tenho muita vontade de ler A Menina que Roubava Livros, não sei explicar… Mas estou interessada em O Menino do Pijama Listrado e quero retomar a leitura de O Diário de Anne Frank. Acho interessante a lista do Skoob, mas queria ver como seria se estivesse atualizada :3
      Beijos e ótima semana!

      Curtir

  4. Vulgo Emilie disse:

    Dois citados estariam na minha lista de desejados. Hoje eles só estão pra ser lidos num futuro próximo [espero]..porque estão na minha estante. As vantagens de ser invisível e A menina que roubava livros ♥. p.s.: achei que fosse a sua lista de desejados XD

    Curtir

    • Liah Nogueira disse:

      Olá, bom dia! 😀
      Li “As Vantagens de Ser Invisível” no fim do ano passado, foi uma boa leitura. Gostei tanto do filme quanto do livro, o que é uma boa coisa, hehe. E estou num tormento eterno com “A Menina que Roubava Livros”, não consigo me animar para começar…
      E bom, minha lista de desejados no Skoob já está com 42 livros, e não para de crescer, hehe.
      Beijos e ótima semana!

      Curtir

    • Liah Nogueira disse:

      Hey, Gabi!
      Sim, hehe. Eu honestamente me pergunto de quanto em quanto tempo a lista é atualizada, porque já é a mesma há algum tempo. Eu li todos de Jogos Vorazes (que achei engraçado ver a trilogia completa na lista :3), Divergente, A Culpa é das Estrelas e As Vantagens de Ser Invisível. Não tenho muita vontade de ler A Menina que Roubava Livros, mas acho que tento ler ano que vem.
      Beijos e ótima semana!

      Curtir

Confessionário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s