Desafio Who #4: Força na Peruca


E continuo com o Desafio Who, apesar de continuar super atrasada com ele e nunca conseguir bater a meta semanal. Semana passada teve jogo do Brasil na sexta, o que me fez sair mais cedo do trabalho, mas nem assim consegui colocar a cota semanal em dia. Meu maior problema é: não assisto no dia a dia, deixo tudo para assistir em um ou dois dias, aí canso e me saboto, vou fazer outra coisa. Não sei, ainda não consigo fazer uma maratona efetiva da série, poucos episódios e eu já fico entediada. Não porque não goste, acho só que falta aquele ritmo mais acelerado que estamos acostumados. Mas, ainda assim, conseguiu cobrir mais três arcos da segunda temporada: “The Dalek Invasion of Earth”, “The Rescue” e “The Romans”. E disse meu primeiro adeus, já que a primeira companion do Doctor já ficou para trás.

O primeiro arco da temporada (que não falei tanto no outro post) serviu para mais uma vez nos mostrar os efeitos visuais fantabulosos, o must televisivo de 1964, ao apresentar os quatro viajantes da TARDIS como miniaturas em nosso universo, após uma falha na materialização. Os viajantes do tempo se encontraram em uma terra de gigantes, que, na verdade, era a Terra em tamanho normal, mas foi fantástico ver como “aumentaram” tudo ao seu redor para dar esse efeito deles em miniatura. Em um momento a Susan e o Ian encontram diversos objetos “gigantes”, e me senti assistindo FormiguinhaZ, foi fantástico ♥. Também teve uma reaparição dos Daleks, quando eles invadiram e tentaram conquistar a Terra (pelo que o Doctor falou, milhares de anos antes do encontro que eles tiveram com os robôzinhos rabugentos na primeira temporada), gerando uma das coisas mais engraçadas ever: os robomen, humanos que foram “robotizados” pelos Daleks e servem como seus escravos. Seria demais pedir um roboman para limpar meu quarto? E nesse arco também tivemos nossa primeira despedida, aaawn. Susan Foreman, a neta do Doctor e sua primeira companion, ficou na Terra com David, para ajudar na reconstrução do planeta. Confesso que pulei na cadeira como uma boba quando ela e o David se beijaram, estava torcendo para algo acontecer, mas achava que os produtores a considerariam “criança” demais (sempre a tratavam como uma garotinha de dez anos). Felizmente não foi assim, Susan virou uma mocinha seduzente e já me deu o gostinho de como é nos despedir de personagens em Doctor Who. Uma coisa é fato: a série ficará bem mais silenciosa sem a ‘gritadora’ oficial.
Mal nos despedimos da Susan e somos apresentados à nova companion: Vicki, uma sobrevivente de um acidente com uma nave terráquea, encontrada no planeta Dido. O arco foi bem curtinho, mas eu até que gostei. Novamente, os efeitos visuais (como o monstro do tão, tão profundo abismo de três metros) são fantásticos, é o que anda me conquistando na série. Um pequeno mistério é apresentado, mais para que conheçamos a nova companion e como ela foi parar com o pessoal na TARDIS. E logo em seguida nos encontramos na Roma Antiga, para um dos meus arcos preferidos. Gente, como amei “The Romans”! As piadinhas, reviravoltas, desencontros e referências a questões paralelas me divertiram do começo ao fim. Rolei de rir com o Nero piradão e com a parcela de “culpa” do Doctor no incêndio de Roma. Esse arco serviu para aumentar o placar positivo dos arcos históricos, espero que continue assim.

E agora é tomar vergonha na cara e acompanhar a série diariamente, para não sobrecarregar tanto e conseguir cumprir a meta. Fingers crossed :3

Desafio Who – Controle
Episódios assistidos nas últimas semanas: 12
Episódios restantes: 753
Dias restantes: 177
Média de episódios por semana para cumprir o desafio: 30
Média anterior: 29

Anúncios

Confessionário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s